VOLTA PARA O PAI!

17 novembro 2017


Hoje quero relatar a história da minha filha !

Quando ela nasceu, planejei uma vida linda pra ela, cheia de cor e vida, projetei um futuro tão abençoado, mas infelizmente as coisas não saíram como eu queria...

Até uma certa idade ela era obediente, quando criança conversava comigo todas as noites ( eu ansiava em ouvir as simples palavras que ela dizia, tão bonitinha ela me agradecia, me pedia proteção... ) para mim, era a melhor parte do dia.

Tempos se passaram, a fase da meninice deu lugar a adolescência, aquela menininha tão doce, ingênua e que conversava comigo todas as noites começou a fazer algumas descobertas, e em algumas aventuras comecei a perceber que ficava de escanteio... Ela tentou conciliar a curiosidade de conhecer mundo, com a atenção dada à mim mas percebi que fui ficando desinteressante, minhas palavras soaram caretas, meus conselhos desnecessários, a minha tentativa de preserva-la não estava dando tão certo, ela se afastou, e foi perdendo o amor por mim.

Como dói, ver uma filha seguindo por um caminho de sofridão... Eu a observava , mesmo ela se mantendo tão distante... ela foi me silenciando gradativamente,  ela me "bloqueou" de todas as maneiras.

Só que o bloqueio  não foi o suficiente para destruir a minha vontade de se fazer presente, a minha filhinha querida  tão perdida não sabia que  eu vivia a observar​, e enxergava o tamanho do vazio que se instalava em seu coração.

" É filha, o Papai te observa "

Por várias vezes, quando ela se machucava, eu usava as minhas especialidades de médico e a curava (ela nem percebia viu ), em meio às lágrimas de madrugada, eu oferecia o lenço, segurava na mão dela ( como um verdadeiro cavalheiro )  e ela nem se tocava que em todos os momentos eu me fazia presente.

Quantas lágrimas dela eu enxuguei em silêncio para não sofrer a rejeição. É complicado para um pai se permanecer em silêncio quando o filho precisa ouvir... Mas era isso que eu fazia, ficava ao lado, mesmo sem ser notado, desprezado, estava ali, pronto para estender a mão.

É tão duro né, um pai doido pra abraçar um filho, e o filho negando qualquer tipo de aproximação.

Enfim, a fase da adolescência passou, a minha filhinha cresceu tão rápido !

Aaa, e como pra todos, eis que a fase dos "namoradinhos" chegou, confesso que foi complicado viu, ela insistindo em caras idiotas, e eu já tinha um moço pra apresentar à ela! E como sempre, fiquei "sobrando" na historia , ela não quis nem ao menos ouvir a minha opinião...

Gente, pensa numa menina que sofreu por amor... E sofreu atoa viu, porque eu estava ali, só esperando ela se aproximar pra dar uns bons conselhos !!

A distância dela me machucava( e machuca ) tanto, e com o passar dos anos pude observar que estou me tornando um desconhecido.

E o que fazer nessas situações em, ela que ESCOLHEU me manter no passado, com o livre arbítrio, ela me excluiu...

Mas eu sou um Pai insistente, to aqui, ansioso pela volta da minha garotinha, quero ouvir a voz dela... To morrendo de saudades, quero mostrar e ensinar muitas coisas, eu quero coroar a minha princesinha, quero ela em casa, para uma vida  eterna, espero que ela acorde enquanto é tempo ! Eu to aqui pronto, é só ela olhar para o lado e reconhecer que eu estou presente, (me mantendo silêncio porque sei que a minha voz ainda a incômoda), entretanto nunca deixarei de estar por perto !

Filha, se estiver lendo este texto quero lhe perguntar algo, sua história vai terminar sem a minha presença, sem ao menos uma reconciliação ? Quero páginas novas para a sua vida ! Não me faça chorar com o seu desprezo, meus olhos estão voltados pra ti, cheio de lágrimas pois eu sei que, se você continuar desta forma não terei condições de intervir... 

ME ACEITA DE VOLTA !  Filha, preste atenção e sinta a minha presença ao seu lado, para de me silenciar...

NÃO sou seus " amiguinhos de whatsapp " pra ficar arquivado, bloqueado e silenciado !!

FILHA, eu quero um espaço em sua vida, você me custou preço de sangue e eu não quero te perder...


Obs: Muitos estão dispersos, achando que reconhecer a existência de um Deus é o suficiente, o nosso Deus requer mais do que a crença... Ele quer eliminar todas as barreiras que impede a aproximação  !!

Que sejamos íntimos, Deus não merece o nosso distanciamento !

Deus te abençoe ^^


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.